Conversely, injection forms, though being painful and needing help of medical personnel for application, help to quickly achieve necessary concentration of preparation in blood buy antibiotics online Antibiotic is usually chosen in an empiric way (at random). But when choosing one is obligatory guided by definite rules.

Microsoft powerpoint - alopecia areata.ppt

Alopecia Areata
Freitas, V.M.P.²; Schmitt, A.N.H.²; Motta, R.R.²; Carvalho, V.M.C.²; Hungria, L.F.F.S.¹; Villa, R.T.¹;
Bedin, V.³
(1) Professor (a) da Fundação Técnico Educacional Souza Marques e Fundação Pele Saudável
(2) Pós-graduando (a) da Fundação Técnico Educacional Souza Marques e Fundação Pele Saudável
(3) Coordenador da Fundação Técnico Educacional Souza Marques e Fundação Pele Saudável
INTRODUÇÃO:
Quadro: Tratamento da AA.
A alopecia areata (AA) é uma afecção crônica
OPÇÕES DE
AVALIAÇÃO
dos folículos pilosos e unhas, com consequente
TRATAMENTO
PSICOLÓGICA
queda de cabelos devido uma parada na sua
produção porém de caráter reversível, uma vez

LOCALIZADAS
- corticóide tópico
que não há processo destrutivo ou atrófico dos
- neve carbônica
folículos.
- infiltração de
triancinolona

REVISÃO:
DISSEMINADAS
- infiltração de
Áreas de perdas de pelos redondas ou ovais,
triancinolona
pele lisa, brilhante, sem sinais de inflamação ou
atrofia. Bordas das placas com “pelos em ponto

- antralina 0,5 –
de exclamação”, específicos da AA e que indicam
atividade da doença.
As formas
clássicas
de apresentação
fotoquimioterapia
unifocal, multifocal, ofiásica, total e universal. Já
as atípicas correspondem a sisaifo, reticular e
- SADBE**
difusa. A diagnose se estabelece pelo quadro
- infiltração de
Importante em
clínico, embora possam ser usados o tricograma
triancinolona
- DPCP***
todos os casos,
e a biópsia com histopatológico.
- corticóide
principalmente
sistêmico (diário
nas formas com
DISCUSSÃO:
ou pulsoterapia)
maior extensão.
O tratamento da AA depende da idade do
UNIVERSAL
- corticóide
paciente, da extensão do quadro clínico e de
sistêmico
doenças
associadas. O uso
de corticóide
intralesional é a primeira escolha para pacientes
- minoxidil
com menos de 50% do couro cabeludo afetado,
- ciclosporina
o acetonido
de triancinolona
- mostarda
preferível ao hexacetonida de triancinolona por
nitrogenada
ser menos
atrofogênico. Uma
observam recidivas, o corticóide sistêmico pode
ser necessário

doses de manutenção.
- dapsona
Quadros mais extensos não apresentam boa
resposta, necessitando
de prótese
capilar.
(**) SADBE - dibultiléster do ácido esquárico Minoxidil, ciclosporina e fotoquimioterapia não
apresentam resultados satisfatórios.
CONCLUSÃO:
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
Ainda que se observe uma profusão de opções
Fitzpatrick TB., Dermatology in General Medice, 7ª ed., ed. Mc Graw Hill,
no tratamento da AA, a Dermatologia se encontra
2008; 67: 564-7.
Sampaio SAP., Rivitti EA., Dermatologia, 3ª ed, ed. Artes Médicas, 2007; 68:
longe da abordagem ideal.
1057-61.
Teixeira GPG, Paula LV, Sousa MAJ, Succi ICB, Alopecia cicatricial da
sarcoidose, An. Bras. Dermatol. vol.78 no.6 Rio de Janeiro Nov./Dec. 2003.

Thaer Douri, A Zahi Chawaf, Bdour Aboutouk Alrefaee, Cicatricial alopecia
due to sarcoidosis, Dermatology Online Journal 9 (1): 16.

Rudolph RI, Holzwanger JM, Heaton CL. Diffuse cicatricial alopecia of the
scalp caused by sarcoidosis. Cutis. 1975;15:524-8.

Takahashi H, Mori M, Muraoka S, Sato T, Dempo R, Shiratori A, et al.
Sarcoidosis presenting as a scarring alopecia: report of a rare cutaneous
manifestation of systemic sarcoidosis. Dermatology. 1996;193:144-6.

Katta R, Nelson B, Chen D, Roenigk H. Sarcoidosis of the scalp: a case
series and review of the literature. J Am Acad Dermatol. 2000;42:690-2.

Source: http://www.pelesaudavel.org/site/pdfs/Alopecia%20areata.pdf

jenniferrobinette.com

College of Communications and Information Studies University of Kentucky, Lexington, Kentucky Marshall University, Huntington, West Virginia Marshall University, Huntington, West Virginia I am prepared to teach: Persuasion, public relations, public speaking, introduction to communication, interpersonal communication, business and professional communication, small group communication, and leade

Copyright © 2010-2014 Medical Articles