Bardzo tanie apteki z dostawą w całej Polsce kupic viagra i ogromny wybór pigułek.

Escola secundária jaime moniz

Docente: Hélder César Spínola Teixeira_____________________________________________________________________________ Ficha Informativa de Funcionamento da Língua
Pragmática e linguística textual / Interacção discursiva /Acto de fala / Acto ilocutório1
A pragmática tem por objecto o estudo dos princípios que regulam o uso da língua.
A pragmática considera a língua como um instrumento de acção e de comportamento que
inclui factores linguísticos e não linguísticos.
No momento da produção linguística, estabelecem-se relações entre o que é dito, o modo
como é dito, a intenção com que é dito, a localização no espaço e no tempo, as funções sociais,
as atitudes, os comportamentos, as crenças dos participantes.
A interpretação de um enunciado não depende apenas do seu conteúdo semântico, mas
adquire um significado pragmático para cada situação específica de comunicação.
O comportamento dos falantes em interacção discursiva baseia-se, não apenas na
significação da frase, mas também em regras construídas a partir de princípios universais
reguladores, como o princípio de cooperação2, a que se associam as máximas conversacionais3 e
o princípio da cortesia4.
O acto de fala (ou acto linguístico) remete para um comportamento verbal, estruturado
por regras que asseguram que as intenções comunicativas venham a ser interpretadas com
eficácia. Os falantes devem possuir uma competência comunicativa capaz de distinguir um
pedido de uma ordem, uma intenção de um compromisso, uma promessa de uma desculpa.
Qualquer frase com uma determinada força ilocutória, ao ser enunciada, orienta-se no
sentido de uma realização de três actos: um acto locutório; um acto perlocutório e um acto
ilocutório.
1 AAVV, Saber Português Hoje, Gramática Pedagógica da Língua Portuguesa, Didáctica Editora, Lisboa, 2005, pp. 141-153.
2 Para interagir com eficácia é necessário um esforço de cooperação entre os intervenientes da comunicação. Esta cooperação deve-se apoiar-se em princípios reguladores de qualquer transmissão verbal de informação, incluindo o registo de o locutor ter obrigação de ser suficientemente informativo.
3 As máximas conversacionais completam o princípio da cooperação e, conjuntamente, fundamentam a capacidade comunicativa dos intervenientes na interacção verbal. Existem quatro máximas conversacionais que descrevem as características gerais do comportamento linguístico dos falantes em comunicação: máxima da qualidade ou da veracidade; máxima da quantidade; máxima da relevância ou de relação e máxima do modo.
4 O princípio da cortesia determina uma certa suavidade da força ilocutória dos actos directivos que se revela, principalmente, no uso de actos de fala indirectos.
Os actos ilocutórios representam um agir social fruto da utilização da linguagem num
determinado contexto. Estes actos sublinham a dimensão da força, do poder que a linguagem e
as palavras detêm, permitindo fazer algo de acordo com um objectivo.
Actos ilocutórios
Objectivos
Relacionar o locutor com a verdade do conteúdo expresso no Assertivo
Tentar com que o interlocutor realize uma acção proposta pelo Directivo
Comprometer o locutor quanto à obrigatoriedade do cumprimento Compromissivo
Exprimir o estado psicológico do locutor em relação ao estado de Expressivo
Fazer com que um estado de coisas do mundo (universo de Declaração
referência) coincida com o conteúdo do enunciado.
Fazer com que um estado de coisas existente coincida com o Declaração Assertiva
conteúdo do enunciado, relacionando o locutor com o valor da verdade desse conteúdo.
Actos ilocutórios
Exemplos
Admito que o exame correu mal.
Assertivo
Negou que tivesse copiado pelo colega.
Leiam o texto.
Directivo
Quero que pesquisem esse tema na Internet.
Prometemos que vamos estudar mais.
Compromissivo
Juro que não falto mais às aulas este ano lectivo.
Desculpe o atraso.
Expressivo
Bom dia senhor professor!
Declaro a matéria dada.
Declaração
Nomeio o aluno n.º 4 representante da turma.
A resposta correcta é a alínea b).
Declaração Assertiva
A Ana está excluída por excesso de faltas em todas as disciplinas.

Source: http://profhelder.no.sapo.pt/portugues/portugues12/actosdefala.pdf

condensedbible.co.nz

ZEALAND PUBLISHING HOUSE Private Bag 12029, Tauranga, New Zealand. ©2004 ZEALAND PUBLISHING HOUSE Portions of this Condensed Bible can be reproduced for non-profit purposes provided acknowledgment of the source is clearly stated . First published 2004 by Zealand Publishing House , New Zealand . Printed in Australia . Further copies of this Bible can be obtained by writing to :

Monpr

WHO monographs on selected medicinal plants (detail) VOLUME 1, World Health Organization Geneva 1999 http://whqlibdoc.who.int/publications/1999/9241545178.pdf WHO monographs on selected medicinal plants Definition Herba Echinaceae Purpureae consists of the fresh or dried aerial parts of Echinacea purpurea (L.) Moench harvested in full bloom (Asteraceae) ( 1 ). Synonyms Brau

Copyright © 2010-2014 Medical Articles